Uso de xadrez na decoração

O xadrez é uma estampa que nunca sai de moda. Isso é aplicado no vestuário e também na decoração. É uma estampa que combina com praticamente qualquer elemento decorativo, tornando-se muito prática. No entanto, é preciso tomar cuidado para não sobrecarregar o ambiente. Veja algumas dicas de como combinar o xadrez com outros tipos de estampas e padrões.

Projeto: Evelyn Sayar, São Paulo – SP

sofa-xadrez-no-centro-j-vilhora

Nesse apartamento, predominam os tons neutros, principalmente na parede. São os estofados, um em xadrez half marrom e outro em tecido azul belga, que roubam a cena. Eles são utilizados para quebrar a monotonia do ambiente, centralizando a atenção. Os pufes, um tamborete e uma mini-escada estão com apenas uma cor, harmonizando com o xadrez e complementando o ambiente.

Cuidado na hora de utilizar

sala-com-sofa-xadrez-j-vilhora

Apesar do xadrez se tornar o centro das atenções no ambiente, a arquiteta Evelyn Sayar destaca um cuidado que precisa ser tomado ao usar a estampa. “Apesar de ser muito versátil, ele deve ser usado com cuidado para não poluir visualmente”, alerta a arquiteta. A principal opção para evitar a poluição visual é não utilizar muitas estampas em um só lugar, apostando mais em tons neutros.

Escolha dos padrões

sala-com-2-sofas-j-vilhora

O tipo do xadrez pode depender também do gênero. Para algo mais masculino, é recomendado o xadrez com quadrados maiores, assim como na moda. No caso de querer ter um ar mais feminino, o indicado é usar quadrados menores.

Multiuso

Não é só nos estofados que o xadrez se sobressai. A estampa cai muito bem em outros objetos de decoração, como abajures e tapetes. Outra boa utilização do xadrez é em papéis de parede: isso ajuda a harmonizar muito bem com uma parede neutra.

 

Post original em http://revistacasalinda.uol.com.br/dica-do-decorador/uso-de-xadrez-na-decoracao.

Crédito das fotografias: J. Vilhora

 

 

Fechar Menu
WhatsApp chat